REVISTA LIVROS & LEITURAS

A REVISTA LIVROS & LEITURAS está nos quatro cantos do mundo...Estamos também nas redes sociais...Atualizações a qualquer instante no Facebook, Instagram e Twitter...

sábado, 16 de fevereiro de 2019

Ana Carvalho: " Passava a vida a criar personagens fictícias e adorava ler história com muita vida e cor"


Ana de Carvalho é natural de Ribeira de Pena, mas vive na cidade de Vila Real desde 2004. Com formação na área da Contabilidade, é uma apaixonada por artes, daí o gosto pela escrita, pelo teatro, pelo jornalismo.

Como e quando começou a interessar-se por literatura?

Desde muito nova, talvez desde a primária em que já escrevia histórias e poesia. Por ser uma criança envergonhada nunca levei esse meu sonho muito a sério. Só em adulta decidi arriscar…

O que despoletou o seu interesse pela literatura?

Tinha uma imaginação muito fértil, passava a vida a criar personagens fictícias e adorava ler história com muita vida e cor.

Como nasceu a paixão pela escrita?

De um modo muito natural, as maiores paixões nascem assim…

O que mais a atrai quando escreve?

Poder dar vida a personagens, ter o poder de traçar o destino das mesmas. Saber que a minha história vai ser lida por muitas pessoas, é pura adrenalina.

Por que motivo resolveu escrever livros?

Já respondi algumas vezes e mantenho a resposta. Escrever é libertar os sonhos que vivem em mim.

Qual foi a obra que mais gostou de escrever e porquê?

O último livro, “Ódio de morte”, porque para mim está muito completo. As personagens desempenham histórias muito fortes. É um livro do qual tenho muito orgulho, pelos temas, pelas personagens, pela história em si.

Em que é que se inspira para escrever um livro?

Na vida, nas pessoas, no mundo em que vivemos.

Em que momentos do dia escreve habitualmente?

Por norma gosto de escrever à noite. A história flui com mais naturalidade.

O que desencadeia a escrita em si?

Um misto de sentimentos. É engraçado porque quando escrevo uma parte da história mais ou menos feliz, essa parte mexe com os meus sentimentos. Acabo por encarnar um pouco cada uma das personagens.

Quais são as suas referências literárias?

Estrangeiros são Danielle Steel e Nicholas Sparks. Português, o grande Camilo Castelo Branco.

Como vê o mundo atual da literatura em Portugal?

Não acho que esteja muito bom… claro que existem aqueles que vendem milhares de livros, mas isso nem sempre significa que o livro seja bom, muitas vezes é pela pessoa ser conhecida do público. Ser figura pública ajuda a vender.

Para quando um novo projeto editorial?

Este último saiu em dezembro de 2018, ainda é um bebé, mas talvez em inícios de 2020 esteja um novo livro no mercado.

Agora que já conhece a revista Livros & Leituras, que opinião tem deste projeto editorial sem fins lucrativos?

Tenho de dar os parabéns pelo excelente trabalho que desenvolvem, ainda por cima, sendo um projeto editorial sem fins lucrativos. Da minha parte só posso agradecer o apoio que dão não só ao meu trabalho, mas ao de muitos escritores. Votos de muitos sucessos.

Sem comentários:

Enviar um comentário