REVISTA LIVROS & LEITURAS

A REVISTA LIVROS & LEITURAS está nos 4 cantos do mundo em www.revistalivroseleituras.com...Atualizações a qualquer momento no Facebook, Instagram e Twitter...

segunda-feira, 18 de março de 2019

Joana Gomes: "Era um sonho de criança poder escrever para os outros me lerem"


Anajo começou a escrever com 10 anos de idade. Ela fechava-se no quarto e só saia se tivesse escrito pelo menos três páginas. Lia tudo o que lhe aparecia à frente: livros escolares, revistas, livros políticos, romances... 

Ler e escrever divertiam-na muito. Para ela, era como brincar, era como tirar um peso de seus ombros. A leitura e a escritura sempre foram o seu refúgio, tinham o poder de acalmá-la. 

Depois de ter feito estudos de Direito e Psicologia, decidiu dedicar-se totalmente à escrita, sua maior paixão. 

Como e quando começou a interessar-se por literatura? 

Em 2014, quando vi na Internet que existia pessoas em Portugal que se interessavam pelos escritores desconhecidos do publico. O que me fez sentir muito feliz. 

O que despoletou o seu interesse pela literatura? 

Desde muito jovem, sempre quis aprender a ler e a escrever (pois os meus pais não sabiam nem ler nem escrever) e era eu que escrevia todo o correio deles. 

Como nasceu a paixão pela escrita? 

Veio assim naturalmente, sempre adorei estar sozinha num cantinho com música a ler e a escrever histórias de amor. 

O que mais o atrai quando escreve? 

Poder passar para a escrita todos os meus pensamentos e imaginação. 

Por que motivo resolveu escrever livros? 

Era um sonho de criança poder escrever para os outros me lerem. 

Qual foi a obra que mais gostou de escrever e porquê? 

Gostei de escrever todas, mas a que mais gosto é a que estou a escrever neste momento (que estou quase a acabar). Por enquanto, não vou adiantar mais nada, é supresa. 

Em que é que se inspira para escrever um livro? 

Nas pessoas ao meu redor, na minha vida e no mundo. 

Em que momentos do dia escreve habitualmente? 

Prefiro escrever à noite (pois estou mais sossegada), mas também costumo escrever muito de dia. 

O que desencadeia a escrita em si? 

Não sei explicar, as vezes estou deitada ou no carro, ou mesmo a cozinhar e as ideias nascem sem saber porquê. 

Quais são as suas referências literárias? 

Sinceramente, quando era pequena era um pouco “maluquinha”, pois tinha gostos que os meus pais não apreciavam muito, sobretudo no tempo do Estado Novo (Salazar) lia “Mao Tsé-Toung” e Hitler. Livros que eu comprava, sempre muito escondida, pois eram proibidos …, mas também sempre gostei de ler Agatha Christie e Paulo Coelho. 

Como vê o mundo atual da literatura em Portugal? 

Vejo como em França e no mundo. Se não formos filhos de… ou não trabalharmos num sítio que sejamos (re)conhecidos ninguém nos dá o valor reconhecido! E isso é muito triste. 

Para quando um novo projeto editorial? 

Já esta quase terminado, mas publicar é outra coisa… 

Agora que já conhece a revista Livros & Leituras, que opinião tem deste projeto editorial sem fins lucrativos? 

Penso que é uma grande honra ter alguém que se interessa e perca o seu tempo gratuitamente para ajudar os (as) escritores(as) a serem mais bem conhecidos e apreciados! Um grande bem-haja e parabéns! Longa vida à Revista Livros & Leituras e a todos o que trabalham nela. O meu carinho muito especial para todos.

Sem comentários:

Enviar um comentário