REVISTA LIVROS & LEITURAS

A Revista Livros & Leituras está nos quatro cantos do mundo...Estamos também nas redes sociais...Atualizações a qualquer instante no Facebook, Instagram e Twitter...

sexta-feira, 30 de abril de 2021

Cinema Literário: O Retrato de Dorian Gray

 

Ao longo dos anos, este livro de Oscar Wilde já deu origem a várias adaptações ao cinema. A última data de 2011 e tem no seu elenco principal os atores Colin Firth, Bem Barnes e Rebecca Hall.

Quem se lembraria de vender a sua própria alma para ser eternamente bonito? Uma história que só poderia ter a marca Oscar Wilde que, uma vez mais, apresenta-nos uma ácida visão da sociedade.

Sinopse do filme

Londres. Dorian Gray (Ben Barnes) é um belo e ingénuo jovem, levado à alta sociedade local por Henry Wotton (Colin Firth), que lhe apresenta os prazeres hedonistas da cidade. Basil Hallward (Ben Chaplin), um artista que frequenta este meio, resolve pintar um retrato de Dorian, de forma a capturar sua beleza jovial. Ao ver o quadro, Dorian faz a promessa de que daria tudo, até mesmo sua alma, para permanecer sempre com o visual nele estampado. A partir de então, Dorian nunca mais envelheceu, mas todos os pecados que comete e a idade que chega são demonstrados no retrato, cada vez mais terrível. Para que ninguém mais o veja, Dorian decide esconder o retrato no sótão de sua casa.

Sinopse do livro

Dorian Gray é um jovem invulgarmente belo por quem Basil Hallward, um pintor londrino, fica fascinado. Determinado a eternizar a beleza de Dorian numa tela, Basil convence-o a posar para ele. Numa dessas sessões, o jovem conhece Lorde Henry Wotton, um aristocrata cínico e hedonista, que o desperta para a beleza e o seduz para a sua visão do mundo, onde as únicas coisas que valem a pena perseguir são a beleza e o prazer. Horrorizado com o destino inevitável que o fará envelhecer e perder a sua beleza, Dorian comenta com os amigos que está disposto a tudo, até mesmo a vender a alma, para permanecer eternamente jovem e manter a sua beleza.

Fortalecido pelo hedonismo, Dorian trata cruelmente a sua noiva, Sybil Vane, que se suicida com o desgosto. Ao saber do sucedido, o jovem começa a notar certas mudanças subtis na sua expressão no quadro, e constata que é o Dorian do quadro que envelhece e que sofre com a passagem dos anos, ao mesmo tempo que o Dorian real permanece com a juventude e beleza intacta. Um romance gótico de horror com um forte tema faustiano, O Retrato de Dorian Gray é considerado pela crítica como a melhor obra de Oscar Wilde.

O livro foi publicado em Portugal pela editora Relógio D´Água.

Sem comentários:

Publicar um comentário