REVISTA LIVROS & LEITURAS

REVISTA LIVROS & LEITURAS, desde 2009 à distância de um clique...www.revistalivroseleituras.com...Atualizações diárias no Facebook, Instagram e Twitter...Quem não lê, não quer saber!...

terça-feira, 11 de maio de 2021

Cinema Literário: A Mulher À Janela

Depois do livro, eis que vamos ter o filme, a partir do próximo dia 14, na Netflix. A estreia promete, isto a avaliar pelo êxito da obra de A. J. Finn.

Estamos perante um thriller psicológico em redor de uma mulher que vive reclusa no seu apartamento. A ação começa a ganhar grande dimensão quando ela vê a sua vizinha ser morta pelo marido. Resolve então partir para uma investigação com o intuito de apurar o que terá efetivamente acontecido.

O filme é de 2021. Tem a direção de Joe Wright e nos principais papéis Amy Adams, Julianne Moore, Anthony Mackie e Gary Oldman.

Sinópse do livro:

Anna Fox não sai à rua há dez meses, um longo período em que ela vagueou pelos quartos da sua velha casa em Nova Iorque como se fosse um fantasma, perdida nas suas memórias e aterrorizada só de pensar em sair à rua. A ligação de Anna ao mundo real é uma janela, junto à qual passa os dias a observar os vizinhos. Quando os Russells se mudam para a casa em frente, Anna sente-se desde logo atraída por eles - uma família perfeita de três pessoas que a fazem recordar-se da vida que já teve. Mas um dia, um grito quebra o silêncio e Anna, da sua janela, testemunha algo que ninguém deveria ter visto e terá de fazer tudo para encobrir o que presenciou. Mas mesmo que decida falar, irá alguém acreditar nela? E poderá Anna acreditar em si própria?

Sinópse do filme:

Em A Mulher À Janela, Anna Fox (Amy Adams) sofre de agorafobia e passa os dias no seu apartamento em Nova Iorque a ver filmes antigos e a observar os vizinhos. Quando a família Russell passa a habitar o prédio em frente ao seu, ela não deixa de espiar esta família, até ao dia em que testemunha uma cena chocante que muda sua vida para sempre.

O romance foi escrito pelo autor e editor norte-americano A. J. Finn, em 2018. É um best Seller e chegou a fazer parte da lista dos livros mais vendidos do New York Times. Foi publicado em Portugal pela Editorial Presença.

Sem comentários:

Enviar um comentário